A + / A - IMPRIMIR

 

      

 

16/08/2016
Campanha Salarial: Relator buscará acordo para a votação da matéria



Em reunião com o relator do PL 5.864/2016, deputado Wellington Roberto (PR/PB), nesta terça-feira (16), o presidente da ANFIP, Vilson Antonio Romero, apresentou todos os argumentos para a manutenção do subsídio dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil e da paridade no recebimento do bônus de eficiência entre ativos e aposentados e pensionistas. Os vice-presidentes João Laécio Gagliardi Fernandes (Assuntos Parlamentares), Floriano Martins de Sá Neto (Política de Classe) e Miguel Arcanjo Simas Nôvo (Assuntos Fiscais) também participaram da reunião.

O projeto, que trata da estrutura remuneratória do cargo de Auditor Fiscal, está na Comissão Especial, que, segundo o deputado Wellington Roberto, será instalada no próximo dia 23. O parlamentar informou ainda que seu relatório será construído, de preferência, por meio de acordo entre os envolvidos. "Minha ideia é fazer um relatório justo, onde a palavra de ordem é acordo", frisou. Caso não haja acordo, explicou, "ele será construído na Comissão".

Romero afirmou que a ANFIP deve apresentar uma proposta substitutiva em voto em separado, nos termos determinado por 80% dos associados da Entidade em Assembleia realizada no dia 26 de julho (relembre aqui). Apesar de precisar da aprovação da maioria, assim como o relatório, o deputado considera a atitude normal dentro da Casa. O presidente da ANFIP falou ainda da parte não remuneratória, na qual houve participação da Entidade, e da remuneratória, assinada apenas pela representação sindical, o que culminou na quebra da paridade, prejudicando 94% dos Auditores Fiscais. O trabalho da Associação será pela valorização do subsídio, com os termos semelhantes do acordo firmado pelo governo com os delegados e peritos da Polícia Federal.

Wellington Roberto afirmou que está aberto ao diálogo, adiantou que o pedido de urgência não deve ser votado e confirmou a realização de uma audiência pública na Comissão Especial, com a participação da ANFIP, para o debate da matéria. "Aqui é a oportunidade de resolvermos as divergências", garantiu.

 

    
SEDE: SBN Qd. 01 Bl. H Ed. ANFIP Brasília / DF - CEP: 70040-907
Fone: (61) 3251 8100 | Gratuito: 0800 701 61 67
Copyright
2010 ANFIP | Todos os direitos reservados